Empresas em recuperação judicial terão condições especiais para pagar dívidas tributárias com o Estado do Rio. Lei publicada pela Assembleia, após derrubada de veto integral do governador Wilson Witzel, prevê o parcelamento dos débitos em até 120 meses, com redução de custos que chega a 90% para multas e 80% para juros no pagamento em parcela única. Só poderão aderir empresas cujo pedido de recuperação já tenha sido aceito pela Justiça. A nova lei entra em vigor em 120 dias.

Fonte: Valor